sábado, 10 de junho de 2017

Pesei-me...


... e a parvalhona foi má para mim.

Anda uma pessoa a esforçar-se para cumprir o exercício diário (ontem eram 11 da noite, mas não me baldei), bebe 1,5l de água religiosamente, tem uma alimentação (relativamente) equilibrada e mesmo assim aumenta?!?!

Pára tudo!

É aqui! É agora que ou se escolhe um caminho ou o outro!

1) Ou relevo e continuo, o que importa é que a minha consciência está tranquila!...

2) Ou encolho os ombros e desisto, afinal não vale a pena esforçar-me que a recompensa é a mesma...

Tantas vezes segui o segundo caminho... quantas de nós!...

Mas eu aprendi a valorizar-me e portanto, agora, sigo o primeiro...

Consciência tranquila... siga... a parvalhona quando me quiser recompensar sabe onde me encontrar.

2 comentários:

  1. Parvalhona é mesmo um ótimo adjetivo para uma balança que não colabora!

    ResponderEliminar