domingo, 30 de agosto de 2015

Back to weight loss # 1

Ainda ponderei reabrir o meu antigo blog já que esse é que era dedicado à perda de peso e este à manutenção... Mas a vida não anda para trás e eu não me arrependo de ter dado estes dois passinhos atrás, também eles fazem parte da minha aprendizagem...

O balanço das férias foram 700gr a mais na balança... nada demais, afinal.

E voltei à minha missão de elevar a minha auto-estima. 
Voltei a focar-me.  
Voltei a andar com a garrafa da água atrás. 
Voltei a planear as minhas rotinas porque simplesmente funciona comigo. 
Voltei a alimentar-me convenientemente. 
Voltei a dar uso à elítica.
Voltei a corrinhar. Ainda odeio, ainda me custa horrores sair de casa, mas voltar ofegante, a sentir os músculos das pernas a latejar e com a camisola encharcada, faz-me sentir bem comigo própria. Um dia ainda hei-de gostar...

A primeira semana de corrinhada foi assim:


Até conseguia ter corrido mais tempo, mas quero seguir o plano. Quero deixar que o meu corpo molengão se habitue e não me quero desmotivar. 

É o meu momento comigo própria: só eu, a minha mente e a minha música! Quero mesmo gostar disto.  

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Bye, bye, férias...


Tudo o que é bom acaba depressa... 3 semanas passaram a voar, principalmente esta última semana que foi indoor. Realmente quem tem de passar férias no Norte já nem em agosto está seguro... parece que já estamos a meio do Outono!

Pelo menos esta última semaninha deu para:
- Descansar da canseira boa da praia-piscina
- Organizar ideias
- Fazer aquelas coisinhas que andamos sempre a adiar
- Começar a repor bons hábitos
- Fazer uma caminhada de 1h30 ontem e 30m de elítica hoje. Ao tempo que não fazia... custou-me imenso, saí de lá a pingar, mas orgulhosa

O que vale é que a rentrée vai ser suave (é a vantagem de recomeçar à sexta...), espero eu...



quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Todos os anos é a mesma coisa


Há pessoas que 2 meses antes de férias se metem em dietas miraculosas para ficarem bem no biquini. Eu não! A minha motivação aparece no fim das minhas férias. 

Normalmente na última semana de férias, que é normalmente passada em casa, começo a acumular doses extra de motivação, ideias...

É o cheiro do mês de setembro que me provoca isto. É o recomeço! É a ideia de voltar ao trabalho com alguma dose de estado zen... com doses extra de cuidar de mim... de vontade de não me voltar a esquecer de me mimar... 

Este ano, em especial, tenho de voltar a reencontrar a Sweet. Este ano não me senti confortável na praia. A proximidade dos 40 está a começar a ameaçar-me, as pernas estão flácidas, a barriga "inchada", os vestidos apertados... decididamente já me senti muito melhor e quero voltar a sentir isso...

Este setembro quero:
  • Recomeçar a alimentar-me saudavelmente e dizer adeus aos abusos constantes
  • Recomeçar a beber os meus 2 litros de água diariamente
  • Recomeçar a fazer elítica 2 vezes por semana
  • Recomeçar a corrinhar e ganhar-lhe o gosto. Quero mesmo!! Quero superar-me! Daqui a 12 semanas entro oficialmente nos 40 e quero sentir-me orgulhosa de mim!

Setembro sempre foi e será o meu mês de recomeço!


segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Quero...


... voltar a orgulhar-me de mim...

Andava eu à procura de uma foto para este post e, ao procurar "corrinhadas", coincidência das coincidências apareceu esta que foi precisamente a que coloquei ontem como minha foto de capa do Facebook.

Mais coincidência ainda é que esta foto apareceu ligada ao meu antigo blog, numa altura em que eu estava no auge do meu bem estar e com a pica toda. Relembrei-me de mim...

Mas eu cá não acredito em coincidências. Acredito em sinais, em impulsos, em algo que nos guia para o caminho certo em determinada situação.

E assim, quero voltar a ser aquela Sweet. Aquela que se orgulhava do seu percurso... que se orgulhava de fazer as escolhas certas... que media o sucesso não pelo número da balança, mas pela tranquilidade da consciência.

Quero voltar aqui, a este momento!

domingo, 23 de agosto de 2015

Nunca tinha pensado nisto


Que agradável surpresa tive ao chegar a casa: começou na SicMulher uma nova temporada do meu programa preferido de sempre, o Biggest Loser.

Este programa inspira-me, dá-me vontade de me superar e não podia mesmo vir em melhor altura para mim.

A nova treinadora Jen tem um lema que é absolutamente verdade apesar de nunca ter refletido sobre isso: as pessoas são guiadas por 2 sentimentos - medo ou amor. Se escolhes ser guiada pelo medo, o mais certo é falhares, enquanto que se deixares ser guiada pelo amor, o mais certo é seres bem sucedida.

E isto é bem verdade!

Enquanto a minha motivação foi querer perder peso por ter medo das doenças causadas pela obesidade, andava ali no vai - não vai - perde - ganha - stressa - amua...

Depois passei uma fase em que não quis saber do peso, só me interessava o meu bem-estar, o cumprir o que me propunha, o sentir-me bem com as minhas escolhas, ou seja, escolhi o amor a mim própria. E aí sentia-me bem. Sentia-me realizada, sentia que cumpria os objetivos a que me propunha.

É isto que adoro neste programa. Ensina-me a procurar dentro de mim forças que se escondem de vez em quando não sei bem porquê e é mesmo disto que eu preciso neste momento.

Quero muito voltar ao meu happy-place!

sábado, 22 de agosto de 2015

Férias - parte I



... tão bom como partir de férias :)

Pois é, duas semanas no Algarve passaram a voar.

Foi tudo na proporção perfeita este ano: a praia que nos apeteceu, a piscina quando queríamos, passeios à noite quando calhava, as maratonas de desenhos animados foram substituídas por sessões de "Friends"... passou-se muito bem para um casal caseiro com uma filha com um pé na adolescência.

Os planos não foram cumpridos na totalidade (ups...).

Os longos passeios que planeava dar foram substituídos por ficar a renhonhar na cama enquanto me perdia no twitter e por pequenas caminhadas para ir buscar pão quentinho para o pequeno almoço... nas férias tem de haver sempre pão fresquinho ao pequeno almoço...

Em 15 dias comi 1 bola de Berlim,  1 D. Rodrigo e nenhum gelado daqueles imponentes (não me apeteceu)... em compensação, depois do almoço e do jantar tinha sempre que comer um doce (hábito que me vai custar imenso a deixar agora, já sei)...

Água, esquece... era quando calhava (shame on you Sweet!)

Saladinhas foi realmente com fartura! Deliciei-me quase todos os dias com salada de tomate caseiro que não tem nada a ver com os que compramos no supermercado. Foram taças e taças de tomate madurinho temperado com imenso vinagre a acompanhar quase todas as nossas refeições. Pouca massa e arroz comi, mas em compensação foi pão, pão e mais pão estaladiço.

Apesar de tudo, é tão bom ir de férias como voltar a casa!

Agora sobra-nos ainda uma semaninha cá por casa para começar a organizar ideias e fazer as coisas entrarem nos eixos que bem preciso.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Vacation facts


# Podia habituar-me a tomar o pequeno almoço com esta vista todos os dias

# Quando há tempo livre a mais e stress a menos é mais fácil manter o foco e preocuparmo-nos connosco

# Sou uma priveligiada por ter a família maravilhosa que tenho

# Não há corpos perfeitos na praia. Há simplesmente pessoas que se sentem melhor consigo próprias do que outras e isso nota-se exteriormente

# No ano passado nesta altura pesava menos 3kg. Mais importante do que esse número é o facto de não me sentir bem assim. Cabe-me a mim mudar isso

# Sou definitivamente uma morning person. Não há meio de acordar depois das 8:00

# Há uns anos atrás férias era sinónimo de comer porcarias até ficar entupida. Ganhar 3kg em 15 dias era normalíssimo

# Hoje férias é sinónimo de me amar um pouco mais, dedicar-me a sentir-me bem inside-out, sem me privar do que me dá prazer

# Doces e porcarias deixaram de me dar tanto prazer. Prefiro uma boa caminhada matinal acompanhada somente por 5SOS (incrível, como gosto tanto)

E para já é isto!

domingo, 2 de agosto de 2015

Uma ajudinha...


Foi aqui que ouvi falar pela primeira vez nesta aplicação e fiquei curiosa. Vai daí instalei-a no telemóvel e estou a gostar bastante.

Para já estou a utilizar somente como food-diary. A aplicação calcula as calorias diárias que devemos ingerir com base no nosso objetivo e tem uma base de dados enormíssima de alimentos, incluindo identificá-los pelo código de barras.

Ora sucede que como tenho de lá colocar tudo o que como, já dei por mim a pensar "Ora, não posso comer este chocolatinho porque já esgotei as minhas calorias diárias" ou "Fogo, uma alheira tem 602 calorias?!?! Dasse... nunca imaginei!!"

É um rico polícia, sim senhora! Recomendo!