sábado, 28 de fevereiro de 2015

Coragem


i·nér·ci·a (latim inertia, -ae)substantivo feminino
1. Falta de movimento ou de actividade.
2. Preguiça, indolência.

Tem sido assim o inverno inteiro. Eu que até estava habituada a mexer-me diariamente, passo agora horas a fio embrulhada na manta no sofá. O calorzinho da cama não me deixa levantar mais cedo e os "só mais 5 minutos" transformam-se invariavelmente em 15 ou 20...

A hidratação do corpo anda muito longe do desejado. A água fria sabe-me mal e não posso abusar do chá. Até a hidratação exterior me custa, o creme hidratante é frio, "não me apetece, ponho para a próxima..."

A alimentação pelo menos está controlada. Ou pelo menos, na medida do possível. Os docinhos pululam por aí, chamam por mim e eu dou-lhes colinho.

Não me acho fraca, acho somente que é fácil cedermos à inércia e o grande desafio está em arranjar "coragem" para tentar dar a volta.

Sim, que a menina pré-hipertensa Sweet só tem a ganhar com algum exercício. Sei disso, mas o frio e a chuva deitaram-me abaixo como nunca me tinha acontecido antes.

Amanhã é 1 de março, o mês da primavera, dos dias mais crescidos, do cheiro adocicado das flores novas, das roupas mais leves e coloridas...

Quero crer que é disto mesmo que estou a precisar, de uma folha em branco, de um recomeço, mas já não me quero prometer nada... Não gosto de me falhar... Comigo...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Ainda dizem mal dos centros de saúde

18:55 - cheguei ao centro de saúde e mesmo sabendo que o meu médico tinha estado no turno da manhã, ia com ideia de marcar consulta para outro dia.

19:00 - a menina da secretaria lá marcou consulta para o médico que estava no turno das urgências

19:05 - fui chamada, lá me queixei da dor que ando no braço e apalpa aqui, apalpa ali, marcou-me uma ecografia e receitou-me anti-inflamatório. Pré-diagnóstico: tendinite

19:11 - já estava no carro de regresso a casa

O meu centro de saúde é assim sempre! A isto chama-se organização, até porque vivo numa das maiores freguesias do país. Nunca estive mais de uma semana à espera de uma consulta nem mais de 15 minutos à espera de vez.

Por isso me admiro quando ouço relatos de horas intermináveis e meses de espera por consultas. Ponham os olhinhos nisto senhores governantes!

domingo, 22 de fevereiro de 2015

De vez em quando sabe-me bem

Papas de aveia com morangos e coco
Seja ao lanche, ao pequeno-almoço ou mesmo para um jantar leve, como foi o caso... Tão bom!!!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Como fazer uma adolescente dar pulos de alegria


A filha (que se contenta com pouco) queria uma camisola com um determinado símbolo da banda preferida dela.

A mãe (que gosta de lhe fazer as vontades porque ela é só a melhor filha do mundo) fartou-se de procurar soluções aqui pelas redondezas para tentar fazer algo parecido com o original, sem sucesso.

A medo, recorri à net e cheguei à Quero T-shirt. Fiquei agradavelmente surpreendida. Rápido, de boa qualidade, preços acessíveis e serviço impecável!

Não é publicidade, é mesmo porque adorei o serviço e garantidamente a adolescente cá de casa vai ter mais camisolinhas personalizadíssimas!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Adoro a minha casa, mas...

... a sala já me estava a cansar, principalmente depois de ter os sofás novos, apetecia-me suavizar a decoração.

Ao ver no Querido mudei a casa uma sala com as paredes em café com leite, soube logo que era aquela cor que eu queria, assim como manter uma faixa de papel de parede, mas mais sóbria.

Então fizemos isto:

Antes, com a faixa às riscas em tom vermelho e a parede em
pêssego

Depois, já com faixa com ramagens café com leite a condizer
com a parede

Gostei ainda durante uns anitos, mas cansei-me da cor forte

Mais suave... Adoro!

Antes - Pormenor da sanefa que teve de levar o meu toque com
restos de outros trabalhos (restos mesmos!)

Uma tira de serapilheira, uns restinhos de linhas de arraiolos, um
desenho de borboletas e voilá - uma cobertura rústica, animada,
e que deu o meu toque especial à sanefa. Ficou um miminho!!

Antes - "escritório" por trás da porta da sala

Depois - Mais organizadinho e principalmente limpo
de papéis que vão ficando. A caixa de morangos foi
forrada para guardar o material de escritório.

Antes - Simples molduras de clip, só o vidro, com "caixilho"
recortado do papel de parede.
Estas fotos têm uma história engraçada: sou eu e o meu marido naquelas fotos de escola primária. Nós nem sequer morávamos na mesma cidade, mas quis o destino que o mesmo fotógrafo nos fotografasse com o mesmo fundo em escolas diferentes. 


Depois - Mantive a ideia, mudei o "caixilho". Mudei só a foto da
princesa, adoro a expressão dela nesta foto


Este foi um dos quadros em ponto de cruz que mais gozo me deu
fazer. Antes com o mesmo fundo do papel de parede 

Depois - com uma cartolina floral lindíssima. Ainda
pensei em pintar a moldura de branco, mas a cor
da madeira contrasta com a parede, gostei do efeito
E foi este o nosso presente do dia dos namorados. Nada melhor do que melhorar o nosso conforto. 

Gostaram?



sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Isto de gostar de ver o "Querido mudei a casa"...

... só dá trabalho ao maridão!!


O nosso acordo é que eu tenho as ideias e ele executa-as...

O que vale é que o fim de semana é prolongado!!!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Ui que até me benzo!


Este pequeno pecado é qualquer coisa de extraordinário. Uma decadência de chocolate macio, amendoim ligeiramente salgado e manteiga de amendoim... uuuiii, ca booomm!!!

Por estas e por outras é que nunca comprei manteiga de amendoim cá para casa... era coisa para me desgraçar em três tempos ☺

Nota: claro que é uma bombinha calórica, mas consegui a proeza de o dividir ao meio para partilhar o desvario

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

É sempre um fartote.


Fazer o buço: Custa, sim, claro que custa, mas não é nada que não se suporte. De 2 em 2 meses faço sobrancelhas e buço na esteticista. Nos intervalos, enquanto consigo domar as sobrancelhas dou-lhes um jeitinho com a pinça e recorro às bandas de cera para a bigogaça.

Ora, a bigodaça da princesa de vez em quando também precisa de ser extreminada e nessas alturas é sempre um fartote. Ela quer, mas primeiro que lhe cole a banda é de rir. Faz caretas, gritinhos e "espera, espera..." até que cola e depois já não há remédio. Tem de sair, mais vale que os pelitos saiam também e logo de uma vez :)

Mulher sofre desde pequena!

domingo, 8 de fevereiro de 2015

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Sabor a infância


Quando era miúda, de vez em quando a minha avó levava-me ao café a lanchar e eu queria sempre um pingo com uma palhinha (de palha mesmo, não de plástico como há agora) e uma tarte de amêndoa. Eram deliciosas!!!

O café entretanto mudou de donos e nunca, nunca mais comi uma tarte de amêndoa como aquelas... Base extra-crocante de uma espécie de bolacha e cobertura de amêndoa caramelizada estaladiça... Passou a fazer parte só dos meus sonhos...

Até agora...

Mal a vi no Pingo Doce, achei logo que devia ser semelhante às da minha infância. E não me enganei... Por momentos voltei a ter 8 anos e só me faltou o pingo clarinho para acompanhar ☺

Deliciei-me!!!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Ressuscitei-a!


Comprei esta chaleira elétrica há uns 15 anos.

De inicio teve pouco uso. Depois, usei-a bastante para aquecer o biberão da princesa em banho maria quando faziamos campismo ou na aldeia onde não havia microondas. Depois guardei-a na prateleira mais alta da cozinha e aí ficou.

Até há pouco tempo. Tirei-lhe o pó e passou a ser o meu melhor amigo na cozinha. A sério, rendi-me! Poupar tempo e energia é com ela!

Consigo cozer uma massa em metade do tempo
Faço 1 litro de chá para o dia inteiro enquanto o diabo esfrega um olho (estou apaixonada pelo chá verde de pessego e manga da Lipton... di-vi-nal)

Nem o microondas bate este bichinho!