sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Marmelada caseira


O que fazer com 5 marmelos amarelinhos, cheirosinhos e madurinhos? Marmelada, claro!

Para 1kg de marmelos descaroçados e cortados, juntei 700gr de açúcar, 1 pau de canela e 0,5dl de água. Deixei cozer bem e triturei com a varinha mágica. Rendeu 4 tigelinhas que vão dar para o ano inteiro. Vai ser só para comer de vez em quando a acompanhar uma bela fatia de queijo :)




quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Uma lufada de ar fresco!

De vez em quando sinto necessidade de mudar algumas coisas cá por casa e de facto muitas vezes nem sequer precisamos de gastar muito dinheiro. Basta procurar no sítio certo.

Os candeeiros do meu quarto estavam a irritar-me profundamente. Já os comprei há 14 anos e estava saturada deles, estavam a dar um aspeto pesado ao meu quarto. Com somente 8€ comprei 2 abatjours novos e o resultado foi este:

ANTES

DEPOIS
Até parece que foram comprados assim! Adorei!!!

domingo, 24 de novembro de 2013

Santa Claus is coming to town...

Cá em casa já cheira a Natal!!

Eu sei que é cedo, cada ano que passa faço a árvore mais cedo, mas eu adoro os preparativos... adoro ficar no sofá debaixo da mantinha a ver televisão com a sala mergulhada na penumbra e só iluminada pelas luzinhas da árvore. Adoro mesmo!!!


Claro que no dia 26 de dezembro já deito Natal pelos olhos e antes do ano novo, já está tudo arrumado :)


O que mais gostamos é do presépio grande, com imensas figuras, algumas feitas por nós... muito especial...


Tenho decorações da minha infância como este bonequinho que eu teimava em lamber porque me parecia que tinha açúcar colado :)


Tenho decorações da infância da Pipoca como este cartão que fizemos para o infantário dela :))


Temos trabalhinhos manuais das duas...


E também decorações compradas e paninhos bordados por mim (sou uma lamechas!)


Este ano também temos estrelas de origami que a princesa aprendeu a fazer em ET


E este ano o calendário do advento já está carregado não de chocolates, mas de atividades. Cada dia tem um cartãozinho com uma atividade que todos gostam. Há jogar wii, fazer puzzles, brincar com a prima, ver filmes no miminho, ler uma história de Natal, ir ver as luzes, ir ao circo e claro há alguns dias de chocolate. É uma ótima atividade para fazer em família!!

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

O paladar também se educa


Cá em casa os fritos foram praticamente abolidos. 

Desde que começamos a prestar mais atenção à nossa saúde, começamos a reduzir aos poucos e é com prazer que digo que não sentimos a sua falta e que inclusivamente quando comemos alguma coisa mais gordurosa, ficamos até um pouco enjoados. 

Devo gastar pouco mais do que uma garrafa de óleo por ano, incluindo para fazer as rabanadas no Natal. Privilegio muito mais o azeite e mesmo assim uso mesmo muito pouco nos refogados ou salteados. 

Aprendemos a gostar de comer assim e minha pipoquinha está assim habituada desde pequenina. Não é portanto de admirar que quando comemos fora de casa, as refeições nos pareçam sempre mais pesadas e até enjoativas. É incrível o que pequenas alterações aos nossos hábitos fazem de bem à nossa saúde. 

Esta semana fui jantar a casa dos meus pais e a ementa era bacalhau com broa e batata a murro. Enquanto alguns diziam que o bacalhau alto estava bom e o mais baixo estava insosso, eu sentia-me a lamber um bloco de sal. Enquanto alguns iam com a colher buscar molho para por nas batatas, eu sacudia-as para me livrar do azeite que tinham. É que o azeite é uma gordura saudável, mas não deixa de ser uma gordura. 

Decididamente o meu paladar está bem-educado! E os de lá de casa partilham a minha opinião. Claro que não é da noite para o dia que isto acontece, mas reduzindo aos poucos, vamos criando hábitos mais saudáveis. 

Eu, por exemplo adoro rissóis, mas habituei-me a fazê-los no forno. A pipoca, que também os adora, continua a preferi-los fritos, então, chegamos a um acordo: come uma vez fritos e outra vez no forno… um dia chegamos lá! 

Porque é preciso amarmos o nosso corpo, não só gostarmos da imagem que o espelho reflete de volta, mas também tratá-lo com o respeito que ele merece.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Só me apetecia lamber-me toda!


Ai que isto cheira tãããoo bem!!

Eu aproveito sempre as promoções para experimentar produtos novos, assim se não gostar pelo menos não perco o dinheiro todo :)

E depois acontecem agradáveis surpresas como esta... é um creme corporal com um cheirinho a chocolate / côco, nem sei bem, sei que é mesmo bom e o creme não é nada gorduroso. Adorei!

Esta semana com 50% de desconto no Pingo Doce

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Aaahhh! Não há nada melhor do que isto!!


É o meu pequeno almoço preferido!! Café com leite e pão com manteiga. Simples e reconfortante!

Este pão fiz na mfp e é um delicioso pão de canela.

Fiz assim: na cuba pus 235ml de água morna, 500gr de farinha de pão brioche, 2c (sopa) de canela e 2c (sopa) de açúcar amarelo. Programar no básico e deliciar-se. Fica um cheirinho mesmo bom por toda a casa e o sabor é parecido com fogaça. Mesmo muito bom!!

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

É assim a minha vida


Se os meus amores me dizem que eu estou muito bem assim e que sou linda, quem sou eu para duvidar?

Hoje ponho-me no topo das minhas prioridades, mas nem sempre foi assim. O resultado agora: gosto mais de mim! E se eu estiver bem, eles estão melhor!

As minhas rotinas são agora estas:
- Faço 5 refeições diárias
- Bebo pelo menos 1,5l de água por dia
- Mexo-me sempre que possível
-  Durmo 7 horas por dia
- Hidrato o corpo sempre após o banho
- Faço uma exfoliação por semana

Durante a semana confesso que tenho mais cuidado com a alimentação do que ao fim de semana, mas a vida também é feita destes pequenos prazeres. Desde que consiga compensar e manter isso em mente, não há problema nenhum.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Neste dia especial, começo um novo ciclo...


Depois de 10 anos de reeducação alimentar, depois de conseguir interiorizar tantos novos hábitos alimentares saudáveis, aceito-me como sou e sou feliz com isso. 

A minha vida deixou de se centrar na conquista de um número que defini como meu. Eu sou muito mais do que isso e quero saborear a vida solta dessas amarras. Se conseguir baixar o meu número é somente um bónus e não o objetivo. 

Sinto-me bem comigo própria e é nisso que a minha vida se vai centrar. 

Aqui vai falar-se de tudo, de alimentação saudável, de exercício, de economia doméstica, de trabalhos manuais, dos meus amores, dos meus desvarios, da minha vida. 

Este é o meu diário!