quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Halloween touch #2 ou como a mãe é uma idiota...

A princesa quer muito ir a uma festa de Halloween que o ATL onde ela anda vai organizar. Vai ser a primeira teen party dela (medo)...

Ora um dos requisitos é ir minimamente mascarada, mas ela não estava muito para aí virada.

Depois de ter recusado uma peruca ou um chapéu de bruxa ou uns dentes de vampiro, tivemos uma ideia... ela sugeriu ir toda de preto... eu sugeri aplicar um fantasma na camisola. Foi só cortar um fantasminha de um lençol velho e cose-lo na frente.

Ficou assim:
Tão simples, mas tão gira!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Tudo ao molho e fé em Deus


Uma pessoa vai a uma loja, compra umas calças e lá vem um saquinho de papel... compra uma camisola e mais um saquinho... faz anos e recebe presentes em sacos fofinhos... no Natal idem...
Ao fim de uns anos, é o monte que se vê! 

Lamento, mas se estiver em bom estado, não consigo deitar fora. A minha veia sovina é muito forte!

Fartinha deste canto, decidi selecionar os bons dos assim-assim, arranjei duas caixas, dobrei os sacos, imprimi umas etiquetas fofinhas e voilá... 


Tudo arrumadinho, organizadinho por tamanhos e bastante visível quando tiver de escolher um saco.

Parece uma estupidez, mas ao destralhar e ao organizar a casa parece que me vai saindo aos poucos um peso dos ombros, parece que a minha mente também fica mais limpa e organizada!

Gosto desta sensação!

domingo, 26 de outubro de 2014

Guardei-a!!


Guardei a balança e já não a vejo desde sexta-feira... Sinto que estou a andar na corda, mas sem a rede de segurança por baixo... e sinto-me bem, com mais liberdade!

Sei que o fim de semana não foi nada perfeito em termos de alimentação, mas já tenho tudo planeado para a semana ser imaculada.

Só no sábado é que vou saber em que se traduziu a primeira semana de liberdade. Espero não ter saudades dela... ela estava a oprimir-me e a fazer-me focar no ponto errado.

Boa semana!

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Apetece-me...

... relaxar... libertar-me...



Depois deste desvario, que ainda não compreendi nem recuperei, apercebi-me que o meu objetivo está a ser cumprido.

Neste momento da minha vida, o objetivo não é baixar de peso.O meu objetivo é ter um estilo de vida saudável.

Guess what: eu tenho um estilo de vida saudável!
Eu faço 5 refeições ao dia, saudáveis, sem esquecer um mimimho aqui e ali.
Eu bebo 2 litros de água todos os dias.
Eu faço 30 minutos de exercício diário.
Eu sinto-me feliz comigo própria e de consciência tranquila.

Mas ainda assim continuo focada demais no número da balança... e é nisso que eu quero relaxar.

Sim, num mundo perfeito a balança acompanharia o meu bom momento, mas nunca ninguém disse que o mundo era perfeito portanto só tenho uma outra solução: relaxar... e isso é difícil...

Há muitos anos atrás eu fugia a sete pés da balança. Estupidamente, achava que o que eu não sabia não me podia magoar, recusava-me a saber o que todos os outros viam e o resultado foi ter atingido um peso absurdo. É disso que eu tenho medo. De lhe virar as costas e só voltar a ligar-lhe quando for tarde demais.

Mas lá no fundo, esta nova Sweet sabe que isso nunca mais vai acontecer e por isso, apetece-me relaxar. Relaxar e libertar a mente da ditadura da balança.

domingo, 19 de outubro de 2014

Halloween touch #1


Não que seja uma festa que eu adore particularmente, mas os enfeites encantam-me. E já que fiz a minha árvore de ramos naturais, decidi fazer uns fantasmas fofinhos e uns morcegos pouco assustadores.

Usei um lençol velho, umas bolinhas para acabeça,  cola, linha e
uma caneta para desenhar os olhos e a boca
Foi só cortar um circulo do lençol com as bordas onduladas, passar o fio no meio para criar a argolinha para pendurar e colar a bolinha por dentro. Acho que ficou fofinho...

Recortei umas silhuetas de morcegos, colei uma molinha
pequenina por trás e voilá
E assim se vive cá por casa! Não tarda fazemos a nossa lanterna de abóbora. Adoramos!!!

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

E...

... entretanto tudo passou e já voltei à luta que será minha para a vida.

Obrigada pelo colinho virtual e também real... aquece a alma!

Bom fim de semana... sem stress!


terça-feira, 14 de outubro de 2014

E depois há aqueles dias...


... em que tudo parece errado.
... em que afinal não me basta ter a consciência tranquila.
... em que eu sinto que os meus esforços são para o teto.
... em que me sinto pesada e inchada e desiludida.
... em que eu vejo o estupor do número da balança a subir e apesar de tentar com todas as minhas forças que isso não me afete, não o consigo evitar.
... em que eu acho que não mereço isso e já não sei mais o que fazer.

E é isto...

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Das corrinhadas #1


Confesso que este fim de semana estava desejosa para voltar a corrinhar. E tanto no sábado como no domingo corri mais e caminhei menos do que na semana passada.

Foi uma pequena conquista minha e fiquei imensamente orgulhosa por ter conseguido dar mais uns passinhos em frente.

Para mim, o esforço da corrida é tanto físico como mental e é precisamente a parte mental que temos de controlar primeiro para progredirmos na física.

Missão cumprida!!

sábado, 11 de outubro de 2014

Ups and Downs


Faz hoje 11 anos que decidi começar a tirar de mim os 98Kg que me oprimiam e não refletiam a pessoa que eu sou.

Hoje sei que foi o dia em que decidi salvar a minha vida. Foi o dia em que decidi que o maior legado que poderia deixar à minha filha era uma mão cheia de bons hábitos.

E mesmo com todos os altos e baixos, vale a pena.

Os bons momentos, o orgulhos das conquistas, ainda que pequenas, superam de longe os maus momentos, as frustrações.

Só preciso de não me esquecer disto...

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Este fim de semana...


Só eu e a calçada... no sábado e no domingo!

Se gostei? Sim - da sensação que ficou no fim. Não - no durante.

Correr dá cabo de mim! Não tenho resistência respiratória absolutamente nenhuma! Mas é capaz de ser daquelas coisas que com a prática vai melhorando... e quem sabe, talvez um dia eu consiga correr 10 minutos seguidos em vez de correr 2 e ficar à beira de um ataque cardíaco :)

Nos entretantos, a caminhada continua a ajudar-me a recuperar o fôlego...

O meu objetivo com isto é simplesmente ganhar o gosto pela corrida e quem sabe um dia conseguir usufruir totalmente da sensação de liberdade e do efeito anti-stress que ela provoca.

Se já comecei a gostar? Ainda não. Para já só me consegui concentrar no "está quase a acabar... só mais um esforço...", mas aos poucos quero começar a superar-me e a ir dois passinhos mais além... Esse é capaz de ser o objetivo supremo: superar-me a mim própria e mostrar-me que eu consigo ser melhor.

O primeiro passo (levantar o rabo do sofá e sair decidida) está dado...

sábado, 4 de outubro de 2014

És uma ganda estúpida!!!!!


A sério?! Quase 1kg a mais esta semana?! Não entendo...

E toda a água que eu bebi?! Não quero crer que seja retenção de líquidos...

E o exercício que eu fiz todos os dias?! Tá bem que não é nenhuma maratona, mas 30 minutinhos todos os dias era para ajudar... ou não?! Não me parece que seja massa muscular a mais e massa gorda a menos...

E os legumes todos que eu comi acompanhados só de proteinas e poucos hidratos de carbono?!

Não quero crer que seja de andar a comer iogurtes caseiros feitos com açúcar verdadeiro em vez de iogurtes magros cheios de coisas artificiais cujos nomes nem sei pronunciar...

A sério?! Para que é que eu quero a tua validação, afinal?!

Estou furiosa contigo, balança da m€rd@, mas em paz comigo...