sábado, 30 de janeiro de 2016

Apeteceu-me panados...


E por isso foi o que fiz para o almoço de hoje.

Ah, mas isso é frito, deves evitar, blábláblá... E eu evito, se comemos fritos uma vez por mês é muito. Para aplicar a lei da compensação, os panados são de perú e foram acompanhados de salada de vagens.

Outra novidade: Há ali 3 deles que foram passados por ovo, pão ralado e foram ao forno em vez de fritos, para fazer a experiência. Conseguem ver quais são? É que em termos de sabor e textura a diferença é mínima. Se eu não dissesse nada, os meus amores nem davam conta...

Parece que os panadinhos no forno vão aparecer cá por casa mais vezes :)

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Dos novos hábitos saudáveis


Até há pouco tempo, a sopa era feita sempre da mesma maneira. Para rentabilizar o tempo, muitas vezes comprava os legumes em maior quantidade, arranjava tudo e congelava já os legumes cortadinhos para deitar na panela e não perder muito tempo.

Resultado: as sopas eram monótonas! Sempre com o mesmo sabor... enjoei, óbvio!

Uma vez que voltei a levar almoço de casa sendo a sopa o elemento principal, decidi que devia perder 5 minutinhos e criar sopas que fossem deliciosas e acima de tudo diferentes umas das outras.

Esta semana saiu uma sopa de penca que levou:
- 1 batata doce
- 1 cenoura
- 1 punhado de feijão verde
- 1 cebola
- 1 couve-flor
- 1 chávena de ervilhas
- 1 penca
- 1 fio de azeite

Decidi que a minha sopa deveria levar sempre batata doce e cenoura ou abóbora, leguminosas, um legume de folhas verdes e 3 outros legumes.

Acho que assim consigo uma sopa bem completa e saborosa. Não é super-light, mas penso que seja equilibrada.

sábado, 23 de janeiro de 2016

De modos que é isto...


... e com base nisto tenho vivido a minha vida.

Desde há 2 semanas que voltei a entrar nos eixos.

Voltei a reduzir os docinhos - não os eliminei porque se isto é para a vida,  eles vão sempre fazer parte dela,  só que em menor quantidade.

Voltei a levar almoço de casa e a abusar das sopas e da fruta.

Voltei a guardar um pedacinho do meu tempo para me mexer diariamente.

Voltei a encher-me de água e chás.

A minha consciência voltou a ficar leve, e o meu corpo também (já despachei 1, 2kg este mês).

E isso deixa-me duplamente feliz.  Gosto de me sentir mais leve, menos inchada,  mas acima de tudo,  adoro sentir que tenho eu controlo sobre a comida e não o contrário.

domingo, 17 de janeiro de 2016

Poupanças


Uma das resoluções de ano novo de muitas pessoas é poupar mais. Há por aí imensas dicas e planos, vou partilhar as minhas.

- Já há alguns anos que utilizo o cartão multibanco só mesmo em último caso. Manusear o dinheiro vivo dá-nos maior sensação de que estamos a gastar.

- As despesas que posso pagar po débito direto (água, luz, gás, televisão) pago.

- Todos os meses tiro uma determinada quantia que guardo num envelope para férias, contribuição autárquica e selo do carro. São despesas anuais, que se formos pondo de lado pouco que seja mensalmente, nos vai custar muito menos quando chegar a altura de desembolsar.

- No início do mês levanto uma determinada quantia fixa para compras de supermercado e para despesas minhas. Divido essa quantia pelo número de semanas do mês e ao domingo à noite ponho na carteira a quantia para a semana que vai começar. Ao mesmo tempo coloco de lado o dinheiro que sobrou da semana anterior. Há semanas em que sobra um valor simpático, há semanas em que não sobra nenhum. O que é certo é que até tenho juntado uns trocos assim e ainda en novembro ofereci-me um bilhete vip para um concerto que eu queria mesmo ir.

Acho que isto das poupanças já me está no sangue. Já precisei, agora felizmente as finanças estão estabilizadas, mas apesar disso, continuo a gostar de me desafiar e se há coisa que eu não suporto é o desperdício.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Coconut lovers ou a granola-dos-céus!!


Foi inspirada nesta menina que surgiu esta granola dos céus!!!

Sim, já tinha ouvido falar... sim, já tinha andado a ver as prontas no supermercado, mas aqueles preços, Jesus!... não,  nunca me tinha passado pela cabeça  fazer só com as coisas de que gosto...

Tinha aveia e mel em casa e na secção self-service do Jumbo (melhor área de sempre para experimentar coisinhas novas em pouca quantidade), veio o resto.

A minha granola-dos-céus levou:

- Aveia (que foi ao forno uns 5 minutinhos com o mel para tostar ligeiramente)
- 1 colher de chá de mel
- sementes de girassol
- amêndoa palitada
- amendoins com mel (restos do Natal, mas dão um toque salgado especialíssimo)
- lascas de coco (essencial)

E comer isto com um iogurte de coco?!... Bem, sem palavras... é de-li-ci-o-so!!!

Fiquei fã! Além de ser um lanche divinal, parece que estamos a comer uma sobremesa pecaminosa!

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Shiuuuu...


Não digas nada a ninguém, mas parece que o click aconteceu por estas bandas e eu tornei a apanhar o comboio da motivação... Yey!!

domingo, 10 de janeiro de 2016

Tou aqui que nem posso...



Fim de semana repleto de família e comezainas!! Desde ontem ao almoço até hoje ao jantar...

Foi um fim de semana muito agradável, apesar do tempo não ter ajudado. Não me lembro de tanta chuva na minha terra, tanto rio na estrada, tanta ponte submersa...

O meu corpo está a gritar misericórdia e eu só quero voltar a entrar na minha rotina. Já não consigo ver bolos nem comidas de festa à frente.

Durante uns tempos vou voltar a levar almoço de casa, comidinhas frugais e bem controladas, pelo menos na maior parte dos dias. Estou a precisar de depurar o organismo urgentemente!!!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Acabaram as festas... os doces... os abusos...



... ou então ainda não... Janeiro é recheado de aniversários e consequentes celebrações!

3 a mãe... 5 o pai... 6 o cunhado... 10 a sobrinha ... 15 a sogra... 21 o avô... (help!)

Isso significa:
Sábado dia 9 - almoço de aniversário dos pais
Domingo dia 10 - lanche de aniversário da sobrinha
Sexta dia 15 - jantar de aniversário da sogra
Sábado dia 23 - almoço de aniversário do avô

Uma pessoa bem tenta, mas não é de ferro!

É claro que janeiro tem 31 dias e festas são "só" 4, nos restantes dias tento ter uma alimentação mais regrada.

Mas tenho de admitir que tem sido difícil controlar a minha hora do lobo que é normalmente depois do jantar. Por muito bem que me tenha portado durante o dia, o desconsolo (e descontrolo) é sempre imenso.

Acredito verdadeiramente que o açúcar é tão viciante como uma droga e acredito também que depois das festas o meu corpo se tenha (re)habituado a ele.

Vamos levando!...

sábado, 2 de janeiro de 2016

E para 2016 Sweet?


Para 2016 quero continuar a ser feliz. 
Quero sentir que controlo a minha vida e a minha mente. 
Queria perder 10Kg, mas se perder 5Kg já fico feliz. 
Quero sentir-me melhor no meu corpo e acima de tudo quero sentir novamente a sensação do "quando eu quero, eu consigo... tudo"
Isto não é somente o ato de perder peso. É mais do que isso. É a capacidade de controlar a mente, de me conseguir disciplinar, de dominar o diabinho que tantas vezes (demais) me leva para caminhos que eu não quero ir conscientemente.
É isto que eu quero!
"Ah, és tola, tu estás bem assim" - Não estou, porque não é isso que sinto, portanto tenho de arregaçar as mangas e fazer alguma coisa por mim. Foram muitos anos no deixa andar e isso acabou!

Cá por casa (finalmente) acabaram os restos. Esta semana quero fazer um pouco de detox, portanto os planos são:

- Beber água (no mínimo 1,5l por dia)
- Comer uma refeição de sopa todos os dia (além de menos calorias preciso urgentemente de legumes no organismo)
- Fazer exercício todos os dias (30m/dia ao fim de semana e 20m/dia durante a semana). Eu sei que não é muito, mas para já é o que consigo fazer na janela do confortável. E mais a mais, não é mau...

2016 bem vindo. Tenciono aproveitar-te bem!