sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Da 1a semana de férias



* Pela primeira vez viemos só uma semana para o Algarve e tenho a sensação que esta semana passou a correr!

*Já tenho um bronzeado razoável, mas ando vezes demais de óculos de sol e tenho a marca eheh...

* Fomos 2 vezes ao Zoomarine - a Bia adora -

* Descer e subir 66 degraus para ir à praia dá cabo de mim... das duas uma: ou estou mesmo fora de forma ou estou a ficar velha!!

* Não comi uma única bola de berlim. Nem eu me acredito que simplesmente não me apeteceu!

* Mesmo com uma adolescente de quase 15 anos, as férias a três continuam a ser muito agradáveis e divertidas.

* Gastei 2Gb de net móvel (ups...) A tv tem sido preterida para o twitter, facebook e joguinhos.

Próxima paragem: Vila Nova de Milfontes!!!

terça-feira, 15 de agosto de 2017

De todas as vezes que eu venho de férias constato o óbvio


Não há corpos perfeitos!

Há sim pessoas mais confortáveis com os seus corpos do que outras. 

E este é o patamar mais importante onde se pode chegar. Já estive mais perto dele e a minha tendência é ir-me afastando aos poucos desse pensamento. 

É uma interiorização difícil de fazer e tem de ser trabalhada amiúde. Temos de perder 5 minutos do nosso dia tão atarefado, olhar-nos ao espelho e focarmo-nos no que gostamos no nosso corpo em vez de só vermos o que não gostamos. 

"Não há corpos perfeitos" - disse eu
"O meu é perfeito" - disse a Bia
"Então não o estragues filha" - disse eu

Adoro que ela pense assim, sempre com aquela auto-estima nos píncaros. Tenho de me inspirar mais nela :-)


quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Dos hábitos



Ontem os meus pais, o meu irmão e a minha sobrinha foram jantar lá a casa e resolvi fazer panados de perú com legumes salteados e arroz de ervilhas.

Ora cá em casa há muito que rissóis, panados e afins é feito no forno em vez de fritos e já estamos plenamente  habituados. Mas como vinha gente de fora, resolvi fazer metade dos panados no forno e metade fritos.

- *o meu irmão pega num panado do forno*
- Estes são os fritos, não é?
- Não, esses são os do forno.
- Então, mas pré-fritaste-os antes não foi, estão tão loirinhos!
- Não, só os salpiquei de azeite em spray e meti no forno.
- A sério?! Não parece mesmo!

Já sentados à mesa:

- Mãe, quero dos do forno.
- Mas não gostas mais dos fritos Bia?
- Não, gosto mais dos do forno, são menos enjoativos!

*Sweet a rejubilar internamente - afinal quando comecei a fazê-los no forno, os dois torceram o nariz... pelos vistos habituaram-se :)*

Para a próxima garanto que faço tudo no forno, afinal o sabor é igual, são bem mais saudáveis, dão menos trabalho e foram os que desapareceram primeiro da travessa.

Aprovadíssimo!!

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Agosto, finalmente!!


É o mês mais ansiado e o meu preferido do ano!
É o mês que conta com 3 semaninhas de sossego e boa vida com os dois amores.
É o mês em que as rotinas andam todas ao contrário, sem stresses.
É o mês de acordar sem despertador e de fazer sestinhas quando apetece.
É o mês de rumar a sul, desta vez com Algarve e Alentejo na rota.

Mas apesar de ser o mês disto tudo, isso não precisa necessariamente de ser o mês de todos pecados e do desvario total! Isso era dantes!

Antes, ir de férias significava 2 ou 3Kg a mais na balança.
Significava bolas de Berlim na praia e gelados à noite.
Significava entupir o corpo com comidinhas "proibidas" durante o resto do ano, porque afinal "estamos de férias!"
Significava ficar açúcar-dependente no final das férias e ressacar nas semanas seguintes.
Eu não conhecia o conceito de equilíbrio... era uma outra mentalidade...

Agora não significa que me vou privar de tudo, nada disso! Eu vou comer uma bola de Berlim na praia e um gofre com gelado à noite. Não sinto é necessidade de o fazer todos os dias, como dantes.

A questão é que quanto mais estiveres habituada a ter uma alimentação clean tipo saladas, grelhados, iogurtes, frutas e afins, menos te apetece a "outra" alimentação tipo batatas fritas, rissóis e panados, bolos, chocolates, etc.

Para já ainda tenho pela frente 2 semaninhas de labuta, o que significa que vou me mantendo na minha rotina habitual - ando aqui a experimentar uma coisa, no final da semana eu conto-vos se chegar a alguma conclusão.