sábado, 3 de setembro de 2016

Eu não sou gaja de baixar os braços...

Pessoa: Essa tatuagem da borboleta que tens no pé direito tem algum significado?

Eu: Mas é claro que sim, eu era incapaz de fazer uma tatuagem sem um significado eterno. Esta significa o compromisso que eu fiz comigo própria de mudar o meu estilo de vida para uma vida mais saudável...

E tenho de a honrar!

Posso cair 10 vezes, mas tenho de me levantar 11.

Diz-se por aí que são necessários 21 dias para criarmos um hábito. Eu nos primeiros 2 ou 3 dias sou um espetáculo, uma gaja exemplar, mas depois é o descalabro, sinto-me fisicamente a auto-sabotar-me, o meu diabinho é forte e persistente e gosta de levar a melhor.

Por isso, depois de mais de mil e um estratagemas que já passaram por aqui, este mês vou tentar um novo.

Fiz a tabela abaixo e colei-a no frigorífico. É minha intenção preencher a maioria dos quadradinhos com check. Porque há alturas em que simplesmente me esqueço da minha suposta nova rotina...



Ainda ontem à noite por exemplo já estava na cama e na minha mente era este o diálogo "bolas, esqueci-me de limpar a pele... ó, deixa lá, é só hoje... vê lá se logo no segundo dia já te estás a baldar... tá bem, já vou..."

Portanto, até pode não dar em nada, posso daqui a uma semana nem me lembrar de vir aqui atualizar isto, mas ninguém diz que eu não tento inovar! Quem sabe se não é este o caminho certo, desta vez?

1 comentário:

  1. baixar os braços é que não, realmente!
    e inovar pode ser o caminho! Força! :)

    ResponderEliminar