segunda-feira, 28 de março de 2016

Hoje falamos de mamas!


Sempre foi uma característica que gostei em mim, principalmente do tamanho, do formato... É o símbolo máximo de feminilidade!

No entanto, a lei da gravidade não perdoa, principalmente quando vem de mão dada com 25Kg a menos, 1 ano de amamentação e claro 40 anos de idade. Com um bom soutien ainda as consigo deixar apresentáveis debaixo da roupa, sem ela... nem por isso...

Surgiu então uma oportunidade de começar a pensar numa mastopexia, só para as colocar no sítio onde nasceram, não para alterar o tamanho, nem a forma :)

Mas antes de começar a pensar em ir com isto para a frente, há tantas dúvidas que me assombram...
- E se me arrependo?
- E se não gostar do resultado?
- E se perder a sensibilidade?
- E se daqui por 10, 20 anos estiver pior do que está agora?
- E se a cirurgia corre mal? É somente uma questão estética, não propriamente um problema de saúde...
- E se uso o seguro de saúde para isto e depois preciso dele para outra coisa mais grave?

Por outro lado...
- Já passei por tanto, mereço um "mimo" que sei que me vai fazer sentir melhor com o meu corpo.
- Se sempre gostei desta minha característica, porque não melhorá-la?
- Se aos 40 já estão tão fora do sítio, nem quero pensar como estarão daqui a 10 anos...

Sei que quando começar a pensar a sério nisto, não vou descansar enquanto não a fizer, falta-me o kick inicial (ou não)...

Opiniões desse lado?

3 comentários:

  1. Um assunto delicado e só tu é que podes decidir. Sim, entendo que queiras estar no teu melhor, e que gostes de ponderar sobre hipoteses e varios pontos de vista.
    Eu muito honestamente, se fosse eu, não mexia. Cada marca, cada ruga, conta a nossa história e está lá para nos lembrar quem fomos e quem somos hoje. Tanta mulher que dava tudo para não ter que mexer nos seios... mas minha querida sweet, como disse no inicio, a decisão só diz respeito a ti! :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Decididamente, tem de ser uma decisão tua. Porque serás tu a ter de viver com ela.
    Mas não é algo que me choque. E entendo perfeitamente os teus argumentos a favor! :)

    ResponderEliminar
  3. Oi.
    Estou de acordo com as outras opiniões: tens de ser tu a decidir e o clic tem de vir do interior.
    A mim, isso não me faria mais feliz, mas a ti ou a outra pessoa poderá fazer. É mesmo uma questão muito pessoal.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar