sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Do chocolate e das vitórias da vida...



Antigamente cá em casa não havia chocolate… quer dizer, havia, mas era logo comido… à mão cheia, como quem come broa! Comprava-se e enquanto não acabasse, eu não descansava.
Hoje, o chocolate tem uma latinha própria. Seja comprado ou oferecido, vai para a latinha e quando apetece mesmo, ele está lá.
Afinal o chocolate não tem pernas, não foge a sete pés nem fica triste se ninguém o come!

Um destes dias, abri a latinha e sorri. Havia lá:
- Ferrero Rocher e Guylian que comprei recentemente porque são os preferidos cá em casa
- Meia tablete de chocolate de pintarolas que veio das férias em agosto
- Mini-ovinhos que sobraram da Páscoa
- Bolas de Natal que estiveram penduradas na árvore no ano passado

Pois é, se me der ganas de atacar chocolate ele está ali. Não foge nem fica triste se não me vir.
E eu, a olhar para a latinha de sorriso triunfante nos lábios… Eu venci!... A comida que dantes me dominava, é agora inofensiva.

Era precisamente a este patamar que eu queria chegar e fico imensamente orgulhosa de o ter conseguido!


2 comentários:

  1. Muitos parabéns! Uma vitória muito importante! :)

    ResponderEliminar
  2. Ainda não estou nessa fase, mas é exatamente esse o meu objetivo também. Parabéns, mesmo! É uma inspiração para mim tudo o que li neste post!

    ResponderEliminar