quarta-feira, 9 de maio de 2018

Anjo da guarda, és tu?...

https://www.instagram.com/allisonkimmey/
Se eu não fosse tão cética  era capaz de acreditar que foi o meu anjo da guarda que pôs a Allie no meu caminho.
Ou então é só mesmo o Universo a dar resposta ao que eu sinto que necessito agora.

Porque me sinto bloqueada neste momento.

Porque estou focada no ponto errado.

Porque deixo que a balança me guie em vez do meu bem estar.

Porque sinto que preciso de trabalhar a minha mente e não sei como o fazer.

Porque preciso de tirar o foco do peso e de fazer tudo à volta dele.

Porque preciso de redirecionar o foco para o meu bem estar.

Porque tenho de trabalhar o meu self-love. 

Porque tenho de olhar-me mais ao espelho.

Porque tenho de me mentalizar que os outros não me julgam pelo meu aspeto.

Porque tenho de deixar de me julgar eu própria pelo meu corpo. Tenho de o aceitar e tenho de o amar. E aceitá-lo não significa que não o possa mudar, significa só que ele é belo sempre.

Porque eu obrigo-me a fazer exercício  para ver se perco 100gr em vez de me divertir a libertar endorfinas. Claramente o foco está no sítio errado.

Porque me recrimino interiormente quando como uma sobremesa pecaminosa quando deveria somente saboreá-la intensamente.

Porque a minha filha tem orgulho em mim.

Porque o meu marido tem orgulho em mim.

Porque lá no fundo eu não consigo orgulhar-me pelo corpo que já transformei, mas consigo envergonhar-me pelos passos atrás que tenho dado.

Eu... que até sou uma pessoa de copo meio cheio...

Porque estou preparada para moldar-me, só preciso de uma mão que me guie...

Vão lá inspirar-se na Allison, ela é uma lufada de ar fresco. Acho que pode ser precisamente do que preciso neste momento.

3 comentários:

  1. Já te disse inúmeras vezes que és uma vencedora.
    Vê como eras em Agosto de 2003 e como és hoje.
    Eu consigo ver o que já alcançaste e sei que tu também o consegues.
    És um exemplo como como a Allison porque já conseguiste Tanto mas Tanto. Tenho muito orgulho na minha Mulher.
    Amo-te por tudo que és, minha vencedora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a minha mente que foca o objetivo errado (o peso) e faz com que me sinta perdedora.
      Quero guiar a minha mente para outro foco (o amor por mim mesma), porque eu sei que não me maltrato para me sentir em paz comigo, percebes?
      Adoro-te!

      Eliminar
  2. Bem... receber uma mensagem dessas do Hubby, vale o dia! <3

    Sim, às vezes, precisamos ajustar o foco. Precisamos viver mais e preocuparmo-nos menos! Somos muito mais que um corpo, de facto!

    ResponderEliminar