segunda-feira, 13 de junho de 2016

Madrid day # 2 - tarde de calor, noite inesquecível

Era o grande dia! Foram meses de espera impaciente por este dia e finalmente tinha chegado...

Poucas pessoas da minha vida sabem desta minha paixão por estes miúdos. Sei que pertencer a um fandom na minha idade não é muito normal e as pessoas normalmente não compreendem como é possível eu dedicar o meu tempo e dinheiro a isto. 

Mas se há coisa que aprendi com os miúdos, é que a vida é curta demais para nos preocuparmos com o que os outros pensam e deixar que isso limite a nossa felicidade.

Faço o que me faz feliz e pronto! Os 5 Seconds of Summer além de me fazerem feliz a mim, fazem com que eu possa partilhar esta paixão com a minha filha e faz-nos ainda mais unidas. Não trocava isto por nada deste mundo!


Tal como no dia anterior estava um calor abrasador!! O sol deu poucas tréguas e o nosso melhor amigo foi o guarda chuva que eu me lembrei de levar como sombrinha... Ironicamente, eu era o nr. 68 na fila... what are the odds Sweet 68 :-)


Desta vez tinhamos o bilhete do soundcheck que nos deu acesso a entrar mais cedo, assistir ao teste de som antes do espetáculo e ter uma sessão de perguntas e respostas com a banda num ambiente bem casual. 

Foi tão bom... para as duas! Estou a viver agora o que gostaria de ter vivido quando era mais nova, mas com a vantagem que o estou a partilhar com a minha pessoa favorita neste mundo... não há nada que pague estes momentos!



Depois foi o concerto propriamente dito. Depois de ter adorado no ano passado o Rock Out With Your Socks Out, nunca pensei que este Sounds Live Feels Live fosse exceder as minhas expectativas como o fez.





Eu saltei, eu gritei, eu cantei, eu pulei, eu dancei, eu fiquei o tempo todo de braços no ar e coração cheio como se tivesse de novo 16 anos, mas melhor, com a maturidade e a visão dos 40... se estes miúdos me fazem sentir isto tudo, não devo aproveitar?! 

É como eu digo:


E ficam para sempre as memórias partilhadas com a minha pessoa favorita ❤




No fim, o que fica é o importante que é isto: 


... coração cheio...

Sem comentários:

Enviar um comentário